Crimes no Facebook

Estamos na Era da internet. É difícil encontrarmos alguém que não pertença a uma rede social, principalmente Facebook. Essa ferramente serve para nos ajudar de várias maneiras, até desvendar alguns crimes. Muita gente já foi acusa por crimes sérios, mas algumas pessoas já foram acusadas por crimes bizarros. Confira:

1) FOUAD MOURTADA: preso por fingir ser um príncipe marroquino.

Tem gente que gosta de fingir ser alguém que não é. O governo de Marrocos, em 2008, prendeu um homem que inventou um perfil no Facebook no qual dizia que era irmão do rei Mohammed VI. O jovem de 26 anos foi acusado de “práticas de vilão”, uma ofensa, ao mesmo tempo grave e vaga.

2) MARK MUSARELLA: condenado por postar fotos criminais.

Ele era um profissional da saúde. Atendia emergências. Achou que seria engraçado postar, no Facebook, fotos de Caroline Wimme, uma adolescente que tinha sido espancada e estrangulada. O resultado disso tudo? foi condenado a 200 horas de serviço comunitário depois de se confessar culpado de má conduta. Aos 48 anos perdeu a licença de técnico de emergência médica. Agora, os pais da moça estão processando o Facebook por permitir que as fotos fossem mostradas.

3) NAOMI ANDERSON: condenada por decapitar um rato e postar as imagens.

Ela filmou a si mesma cortando a cabeça de um rato e postou as imagens no Facebook. Naomi Anderson, 23 anos, se declarou culpada da acusação de crueldade contra animais, e disse que tinha usado uma faca para cortar a cabeça do rato. A moça foi condenada a 180 horas de serviço comunitário.

4) Adolescente foi flagrado por comentar sobre seu crime de vandalismo.

Depois de fazer uma brincadeira muito sem graça, que resultou em 247.000 dólares (mais de 400 mil reais) em prejuízos e no fechamento, por cinco meses, de uma biblioteca pública, por causa da inundação iniciada num banheiro, um adolescente escreveu sobre o fato no Facebook, o que levou a uma admissão pública de culpa num tribunal. O crime aconteceu em Portsmouth, Inglaterra. O adolescente quis alegar inocência, mas seus argumentos não foram o suficiente, quando foi apresentada uma prova do seu vandalismo: a transcrição dos comentários, no Facebook, que ele fez com um dos seus companheiros.

 

Você também conhece algum crime que já foi cometido no Facebook?

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.