18 anos sem Ayrton Senna

Ontem era terça, mas com cara de domingo. Domingo lembra o que? Fórmula 1. E foi nesse dia, 1º de maio, que o Brasil perdeu um grande ícone, um grande ídolo. No Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, perdemos Ayrton Senna.

No Brasil, ficou muito difundida uma frase dita pelo jornalista Roberto Cabrini ao Plantão da Globo. Logo após a confirmação da morte de Ayrton, pelo hospital, Cabrini noticiou dizendo, por telefone: “Morreu Ayrton Senna da Silva… Uma notícia que a gente nunca gostaria de dar.”

Image

 

Mesmo depois de 18 anos de sua morte, o gênio das pistas continuará sempre sendo lembrado. 

 

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.